Equipe
Docente

Marcio Chaves-Tannús

Professor Associado - Doutorado - Dedicação Exclusiva
por Raquel
Publicado: 27/09/2018 - 14:33
Última modificação: 04/03/2022 - 10:04
Cargo: 
Professor Associado
Situação Funcional: 
Em exercício
Titulação: 
Doutorado
Regime de Trabalho: 
Dedicação Exclusiva
Formação: 

possui graduação em Curso de Filosofia Pura e Germanística - Freie Universitat Berlin (1982), graduação em Filosofia/Diploma de Revalidação Curricular - Faculdades Integradas de Uberaba (1986), doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo - USP (1994) e pós-doutorado pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2001). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Uberlândia. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Lógica, atuando principalmente nos seguintes temas: Lógica, História da lógica, Filosofia da linguagem e Filosofia da ciência.

Linha de Pesquisa: Lógica, Teoria do Conhecimento e Ontologia

Projeto de Pesquisa: Os Tópicos de Aristóteles e o início da Lógica no Ocidente

Descrição: Com o presente projeto pretendo retomar um trabalho iniciado e parcialmente realizado em meu estágio de pós-doutorado, em um período de aproximadamente um ano, compreendido entre os meados de 2000 e 2001. Trata-se de uma abordagem, a partir de um ponto de vista e de preocupações estritamente lógicos, do texto dos "Tópicos", que é provavelmente o mais antigo texto de Lógica que conhecemos. Dessa primeira ocupação resultaram dois artigos intitulados "Algumas questões relativas à dialética aristotélica" e "Algumas questões adicionais relativas à dialética aristotélica", ambos publicados na revista EDUCAÇÃO e FILOSOFIA, o primeiro no v. 16, n.32 de jul./ dez. de 2002 e o segundo no v.17, n. 34 de jul./ dez de 2003, nas páginas 11 a 29 e 13 a 33, respectivamente. Um dos objetivos visados com este projeto é a sua utilização para a orientação de alunos na iniciação científica.

Projeto de Pesquisa: Ciência e dialética: Platão e Aristóteles e suas conexões com as concepções modernas e contemporâneas de conhecimento científico

Descrição: OBJETIVOS GERAIS: (i) estabelecer e manter contatos de trabalho com grupos afins e pessoas interessadas; (ii) participar de e organizar encontros científicos, congressos e seminários; (iii) produzir material destinado à publicação e (iv) criar um acervo temático e organizar uma bibliografia no formato digital, com impressões periódicas. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: (i) examinar as diferenças e semelhanças entre as concepções de dialética e ciência de Platão e Aristóteles; (ii) examinar as relações entre ciência e dialética em Platão e Aristóteles; (iii) estabelecer um confronto comparativo com concepções modernas e contemporâneas relativas ao método dialético e ao conhecimento científico. METODOLOGIA DE TRABALHO: (i) o principal objetivo da primeira etapa é providenciar uma base comum de informações, destinadas a caracterizar de forma mais precisa e detalhada o tema e identificar os problemas a ele associados. Com isso, deverá ser possível, não apenas, operar uma seleção no interior do conjunto dos referidos problemas e hierarquizá-los, em função dos interesses e objetivos compartilhados pelos membros integrantes deste projeto, mas, também, estabelecer um vocabulário comum e, sobretudo coordenar métodos e ritmos individuais e diversos de trabalho; (ii) a segunda etapa deverá propiciar a ligação temática entre Platão e Aristóteles e entre eles e os autores das idades Moderna e Contemporânea; (iii) na terceira etapa o projeto deverá, então, atingir sua fase explicitamente produtiva. As atividades deverão concentrar-se na leitura e comentário de textos da literatura filosófica primária, no exame da pertinência interpretativa de trabalhos da recepção crítica, no confronto de textos secundários com as fontes e entre si, bem como, prioritariamente, na elaboração de sugestões originais, propícias à solução dos problemas anteriormente escolhidos e, nesta última etapa, examinados