Equipe
Docente

Olavo Calábria Pimenta

Professor Adjunto - Doutorado - Dedicação Exclusiva
por Raquel
Publicado: 27/09/2018 - 14:38
Última modificação: 04/03/2022 - 10:07
Cargo: 
Professor Adjunto
Situação Funcional: 
Em exercício
Titulação: 
Doutorado
Regime de Trabalho: 
Dedicação Exclusiva
Formação: 

Desde 2008 é professor de Filosofia Moderna na Universidade Federal de Uberlândia, tendo exercido anteriormente o magistério no Ensino Médio nas áreas de Física e Filosofia por mais de duas décadas. Lidera o GEPIFKI - Grupo de Estudo e Pesquisa “Investigações sobre a Filosofia Kantiana e suas Influências” (CNPq); é membro do Núcleo de Sustentação do GT Kant da ANPOF, do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa (CFUL) e da Sociedade Kant Brasileira (SKB). Possui graduação e mestrado em Física (UNICAMP/1983 e 1987), especialização, mestrado e doutorado em Filosofia (UFU/1994, UNICAMP/2003 e UFMG/2012) e realizou pós-doutorados em Filosofia na UFMG (2013), na J. G. Universität Mainz (2013-2014, com Bolsa CAPES) e na UFSC (2014). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Teoria do Conhecimento, atuando principalmente nos seguintes temas: a imaginação na história da filosofia; operações mentais; filosofia kantiana; estética e filosofia da arte; ensino de filosofia e filosofar.

 

PUBLICAÇÕES MAIS RELEVANTES

 

Os significados de “intuição”, suas subdivisões e objetos. Kant e-Prints (CLE-UNICAMP/2017)
www.cle.unicamp.br/eprints/index.php/kant-e-prints/article/view/1235
 
Intuições cegas são aparecimentos (Revista da Sociedade Kant Brasileira/2017) 
http://www.sociedadekant.org/studiakantiana/index.php/sk/article/view/299
 
Ensaio sobre a unidade sintética meramente sensível. Estudos Kantianos (UNESP-Marília/2017)
http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/ek/article/view/7090
  
The Imagination in Kant’s Philosophy and Some Related Questions. Estudos Kantianos (UNESP-Marília/2015)
revistas.marilia.unesp.br/index.php/ek/article/view/5126/3615
  
A imaginação de Kant e os dois objetos para nós.  (Tese doutorado: UFMG/2012)
docs.google.com/file/d/0B10avPvVdTeEYVREN1lsMjU5Qmc/edit
 
A distinção kantiana entre aparecimento e fenômeno. Kant E-Prints (CLE-UNICAMP/2006) 
drive.google.com/file/d/0B10avPvVdTeESndaZWk1Skl5OHM/edit
 
A colaboração das capacidades mentais na construção da experiência segundo Kant. Anais do I Colóquio Kant da UFU (UFU/2011) 
docs.google.com/file/d/0B10avPvVdTeEamJySm5CS0oxN1k/edit
 
Da relação entre os graus de conhecimento e as capacidades de representação em Kant. Revista Educação e Filosofia (UFU/2013)
www.seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/22850/12737
 
Pela tradução mais literal que liberal e invariabilidade dos termos técnicos em Kant. Critica da razão tradutora (NEFIPO-UFSC/2009) 
docs.google.com/file/d/0B10avPvVdTeEYzZRU1VTSl92NXc/edit
 
The Multiple Meanings of Principles in Kant. Akten des X. Internationalen Kant-Kongresses (De Gruyter/2008) 
docs.google.com/file/d/0B10avPvVdTeEaEJIdlFnQWNwYVE/edit
 
Elementos fundamentais da Analítica Transcendental de Kant (Dissertação mestrado: IFCH-UNICAMP/2003)
docs.google.com/file/d/0B10avPvVdTeEQUpzMUJyUEFXZjA/edit