Equipe
Docente

Sertório de Amorim e Silva Neto

Professor Associado - Doutorado - Dedicação Exclusiva
por Raquel
Publicado: 27/09/2018 - 14:42
Última modificação: 04/03/2022 - 10:22
Cargo: 
Professor Associado
Situação Funcional: 
Em exercício
Titulação: 
Doutorado
Regime de Trabalho: 
Dedicação Exclusiva
Formação: 

Concluiu a Graduação em Filosofia na Universidade Federal de Uberlândia em 1999. De 2000 a 2003 desenvolveu no Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), sob a orientação da profa Tereza Vaz Calvet de Magalhães, dissertação de mestrado sobre Max Horkheimer e a centralidade dos conceitos de razão e de barbárie na Teoria Critica dos anos 30 e 40. Em 2006 iniciou na Universidade de São Paulo (USP) o Doutorado em Filosofia, defendendo em 2010, sob a orientação da profa Maria das Graças de Souza, tese sobre o pensamento de Giambattista Vico, onde debateu a articulação, agora na obra do filósofo napolitano, dos conceitos de razão e de barbárie.

De 2002 a 2008 ministrou cursos sobre ética, filosofia da educação e bases filosóficas da psicologia nas graduações em Pedagogia e Psicologia da hoje extinta União Educacional de Minas Gerais, Uniminas, onde coordenou também trabalhos de extensão e iniciação a pesquisa. Desde 2008 é professor efetivo — atualmente, Adjunto 1 — do Instituto de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), onde ministra cursos sobre ética, sobre filosofia moderna e contemporânea. Coordena nesse instituto a extensão em filosofia e o Curso de Especialização Semipresencial em Ensino de Filosofia no Ensino Médio, numa parceria com a CAPES. É membro do GT ANPOF- Filosofia da História e Modernidade e, junto com o Prof Humberto Guido, coordena as atividades do Grupo de Estudo da Filosofia de Giambattista Vico.

Suas pesquisas contemplam a filosofia moderna e contemporânea e abrangem os problemas da estética, da política e da história. Atualmente realiza pesquisas no campo da poética, com ênfase nas noções viconianas de sabedoria poética, engenho e invenção, noções que o auxiliam ainda — ao lado da investigação de autores como Pareyson e Simondon — a pensar a situação da arte e da tecnologia na contemporaneidade. Tambémem tem pesquisado ultimamente os traços de uma filosofia da história (ou da não-história) nas obras do pensador tcheco-brasileiro Vilém Flusser.